sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Confederação de policiais civis prepara greve nacional em abril

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) está “construindo” uma greve nacional da categoria para abril. O indicativo de greve foi aprovado no dia 10 pela diretoria executiva da confederação e por 25 representantes de associações filiadas. A eventual paralisação, contudo, vai depender do resultado das assembleias estaduais das associações de policiais civis, previstas para o dia 16 de março. Nos Estados em que a greve for aprovada, os policiais civis cruzarão os braços no dia 19 de abril. “Será um movimento pacífico e ordeiro, mas, se aprovado, vamos manter apenas 30% do efetivo em atividade nas delegacias, institutos de Criminalística e institutos médicos-legais, considerados essenciais”, adiantou à Agência Brasil o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra. “Existem Estados em que a negociação com o governo estadual está em curso e que podem decidir não aderir [ao movimento nacional]. Nos outros, esperamos que, até abril, os governos federal e estaduais estabeleçam canais de negociação”. Entre as principais reivindicações dos policiais civis, apontadas pela Cobrapol, estão a criação de um piso nacional e a aprovação da Lei Orgânica da Polícia Civil, que estabelece um plano de cargos unificado nacionalmente.

0 comentários:

Postar um comentário