terça-feira, 20 de março de 2012

Concurso do Senado tinha 50 questões iguais e na mesma ordem

Cinquenta das 80 questões das provas do concurso para consultor legislativo do Senado eram idênticas e vinham na mesma ordem, independentemente da cor do caderno de testes. A dinâmica do exame, aplicado no dia 11, só mudava a partir da pergunta 51, quando caía conteúdo específico de cada especialidade. Embora as perguntas iniciais fossem iguais, e o gabarito o mesmo, a FGV Projetos, responsável pela organização do processo seletivo, diz que garante a segurança do concurso. O cargo de consultor legislativo engloba 23 funções de assessoramento. O candidato a consultor em agricultura, por exemplo, fez as mesmas 50 questões, na mesma ordem, que o “concurseiro” da área de minas e energia. A remuneração inicial do cargo é de quase R$ 24 mil. São oferecidas 9 vagas e o Senado formará cadastro de reserva. Os testes iguais eram sobre língua portuguesa, conhecimentos gerais, direito constitucional e administrativo, administração e políticas públicas, raciocínio lógico e língua inglesa. Leia mais no Estadão.

0 comentários:

Postar um comentário