terça-feira, 20 de março de 2012

Empresário diz que funcionário da Receita garante segurança de fraude

O dono de uma das empresas flagradas oferecendo propina para obter benefícios em licitações de prestações de serviço a um hospital público Federal no Rio de Janeiro diz que um funcionário da Receita Federal garante a segurança das operações fraudulentas. O Fantástico exibiu neste domingo o esquema entre empresas fornecedoras e funcionários públicos para fraudar licitações da Saúde Pública. O Jornal Nacional desta segunda-feira mostrou novas imagens do esquema. Veja no vídeo acima. Rúfollo Vilar, dono da Rufollo, a empresa que fornece mão-de-obra para serviços gerais, diz que protege o contratante. E que tem a ajuda de um funcionário da Receita Federal, acima de qualquer suspeita. Segundo ele, a propina pode ter o percentual que o cliente quiser – muito além dos 20% sugeridos pelo nosso repórter. Leia mais no G1.

0 comentários:

Postar um comentário