quinta-feira, 1 de março de 2012

Irritada com o PDT, Dilma hesita em devolver ao partido o ‘controle’ do Ministério dos Transportes

O comportamento da bancada de deputados do PDT na votação do projeto que cria o Funpresp, fundo de previdência complementar dos servidores públicos federais, deixou Dilma Rousseff pelas tampas com o pseudo-aliado. A presidente cogita entregar o Ministério do Trabalho a outro partido. O projeto foi a voto na noite de terça. Havia em plenário 24 deputados do PDT. Apenas dois votaram a favor. Os outros 22 disseram “não” à proposta, classificada por Dilma como prioritária. A irritação da presidente, que já era grande, foi potencializada por um mandado de segurança ajuizado pelo deputado João Dado (PDT-SP) no STF. Na peça, o parlamentar pede que seja anulada a votação que resultou na aprovação do fundo. Feudo do PDT desde a gestão Lula, a pasta do Trabalho encontra-se sob o comando do interino Paulo Roberto Pinto desde dezembro do ano passado, quando Carlos Lupi foi apeado do cargo sob denúncias de corrupção. Presidente do PDT federal, o próprio Lupi negocia com o governo a restituição do controle da pasta à legenda. Defende a nomeação do deputado Vieira da Cunha (PDT-RS), velho conhecido de Dilma, uma ex-filiada da legenda. Leia mais no Blog do Josias.

0 comentários:

Postar um comentário