domingo, 30 de setembro de 2012

Julgamento de Dirceu no meio dos turnos das eleições

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) só devem se pronunciar após o primeiro turno das eleições sobre a acusação da Procuradoria-Geral da República (PGR) segundo a qual o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, apontado como o chefe da quadrilha do mensalão, cometeu o crime de corrupção ativa. Projeção com base no ritmo atual das sessões aponta que o resultado parcial do capítulo 6, que trata da compra de votos na base aliada, terminará entre 9 e 10 de outubro.
Até entrar no capítulo 6 da denúncia, classificado com o mais complicado pelo relator do mensalão, os ministros vinham consumindo uma média de cinco sessões por cada item. Por enquanto, já foram seis as reuniões usadas para analisar apenas uma parte. Dos 23 réus, 13 foram julgados até o momento. No entanto, quatro integrantes da mais alta corte do país ainda vão se manifestar sobre as acusações de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

0 comentários:

Postar um comentário