domingo, 4 de março de 2012

Código Florestal põe líder do PMDB em saia justa

Candidato a presidente da Câmara, o líder do PMDB Henrique Eduardo Alves (RN) se colocou em uma saia justa em relação ao projeto do novo Código Florestal, previsto para ser votado na próxima terça. De um lado, o líder peemedebista sofre pressão dos ruralistas para apoiar modificações no texto do Senado, mas também não quer contrariar a presidenta Dilma Rousseff, que se opõe radicalmente a mudanças. Para se cacifar frente à oposição, de quem precisa dos votos para ser presidente, o líder peitou o governo e votou com os ruralistas em 2011. Henrique Alves vai só aumentar o desgaste se votar contra Dilma, que já perdeu a confiança nele após ter sido desafiada por cargo no Dnocs. Contrariar tanto Dilma quanto a bancada ruralista coloca em risco o projeto do peemedebista da assumir a presidência da Câmara. Henrique Alves enfrenta ainda dificuldades dentro da bancada do PMDB, que reclama de suposto jogo duplo do líder peemedebista. As informações são do site Cláudio Humberto.

0 comentários:

Postar um comentário