sexta-feira, 13 de abril de 2012

Maioria dos ministros do STF vota a favor do aborto de anencéfalo

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já votou a favor da descriminalização do aborto de fetos anencéfalos (sem cérebro). O julgamento foi retomado às 14h30m desta quinta-feira, após ter sido interrompido na noite de quarta-feira, quando o placar estava 5 a 1 a favor do direito. Carlos Ayres Britto, Gilmar Mendes e Celso de Mello já votaram e ampliaram o placar para 8 a 1. Se alguns ministros não voltarem atrás, a interrupção da gravidez neste caso não será mais crime. Agora só falta o presidente do STF, Cezar Peluso, declarar seu voto. Em seu voto, Ayres Britto ressaltou que a interrupção da gestação de feto com anencefalia não pode sequer ser chamada de aborto, porque o bebê não tem possibilidade alguma de sobrevivência após o parto. Ele disse que a mulher obrigada a levar esse tipo de gravidez adiante é submetida a uma forma de tortura. Leia mais em O Globo.

0 comentários:

Postar um comentário